Dicas De Alimentação

Dicas para se alimentar sem gastar muito

Dicas para gastar menos e comer melhor na Austrália

Muitos dizem que intercâmbio é a melhor fase da vida. E realmente, tem tudo para ser, desde que você consiga conciliar seus objetivos da viagem com aproveitar o país, a cultura local, as festas e outros programas que planejamos com tanto entusiasmo. Porém, sabemos que intercambistas vivem tendo que economizar aqui e ali para conseguir fazer tudo que planejou e ainda terminar o mês sem apertos financeiros.

Sabemos também que cortar os gastos nem sempre é uma tarefa fácil. Nesse sentido, a alimentação é um fator de peso. Pensando nisso, reunimos algumas dicas que o ajudarão a comer bem, gastando menos. Vamos lá?

Cozinhe em casa

Essa definitivamente não é a opção preferida da galera, mas é sem dúvidas a mais barata. A logística de cozinhar em casa realmente não é tão simples, mas compensa pela economia. Preparando sua comida em casa, você gasta uma média de US$50.00 por semana, o que é considerado muito pouco para cidades como Sydney, por exemplo.

Para cozinhar em casa você precisará ir ao supermercado e fazer suas compras, certo? E é aí que está o segredo: fuja das grandes redes multinacionais e procure as chamadas homebrands (que também podem ser grandes redes, mas são locais e bem baratas). O segredo deste tipo de supermercado é que eles vendem produtos de fabricação própria, como alguns supermercados fazem aqui no Brasil. Mas lá os produtos são realmente muito baratos, com uma diferença grande de preço para os de marcas famosas. Dois exemplos famosos são o Coles e o Woolworths.

Nesses supermercados, produtos básicos para alimentação como leite, frango, arroz, comida congelada de micro-ondas, pizza pré-pronta, pães, cereais, macarrão – instatnâneo ou convencional-, achocolatados, refrigerantes, biscoitos e até algumas frutas e verduras saem super em conta. Porém, alguns outros produtos como queijo, presunto e bacon, por exemplo, ainda não saem tão baratos assim. Então vale a pena passar um dia pesquisando os preços e montando um cardápio variado para não cansar da comida em uma semana. Quando a preguiça estiver muito grande, opte por um congelado ou algo de preparo mais simples. Quando estiver com ânimo, reúna os roommates e faça algo diferente! Variar é o segredo para não cansar!

dicas

Famosa linha Homebrand: barata e acessível a todos os bolsos.

Para aqueles que estão pretendendo morar em hostel ou albergue, não se preocupe! A maioria deles oferece cozinha comunitária equipada com panelas, talheres e demais utensílios necessários para cozinhar. Com isso, você ainda tem a chance de fazer amizade com os outros aventureiros da cozinha.

Restaurantes baratos

Se você não faz muita questão de carne, que costuma ser cara em restaurantes, uma boa opção é ir à procura de cafés e restaurantes mais populares. Não são tão fáceis de achar, mas em muitos lugares você consegue fazer uma refeição com menos de US$10.00. Ainda recomendamos que você se atenha ao plano de cozinhar em casa, mas caso não tenha se adaptado, a preguiça bater ou você estiver a procura de uma comida diferente, para variar, procure por algum desses restaurantes.

Em Gold Coast o Pastel e Surf é um restaurante abrasileirado e bastante em conta na cidade. Nossa típica feijoada ou um delicioso bife a parmegiana custa em torno de AUD15,00. O Govindas também dica na cidade praiana e é um restaurante vegano – mas acredite, é bem barato. Você come a vontade por AUD15,00. Fica a dica!

dicas

Feijoada típica no Pastel e Surf, restaurante brasileiro em Gold Coast. Crédito: Goodfood Gold Coast

Fast-food

Longe de ser a opção mais saudável, mas bem perto de ser a mais gostosa e com preços mais em conta, os fast-foods podem ser uma alternativa boa. As duas redes mais conhecidas da Austrália são o McDonald’s, que você provavelmente já deve conhecer, e o Hungry Jack’s, que é uma espécie de Burger King australiano. A média de um sanduiche nesses lugares não costuma ultrapassar US$10.00.

Mas cuidado: fast-food em excesso não faz bem! Procure mesclar refeições mais saudáveis com os sanduiches para evitar o ganho excessivo de peso e a falta de nutrientes no organismo.

Chinatown

Cidades com colônia chinesa, que têm aqueles famosos bairros chamados Chinatown costumam oferecer pratos a preços bem camaradas. A comida pode ser exótica e totalmente diferente do que você está acostumado, mas vale a pena tentar a sorte! Neles você pode encontrar refeições e snacks a partir de US$4.00.

Lojas de Conveniência

Outro lugar que oferece refeições e snacks baratos são lojas de conveniência. Se a fome apertar na rua, procure por uma. Há uma grande variedade de comidas e elas costumam ser bem baratinhas também.

E aí, o que achou das nossas dicas? Já testou alguma delas?

 

This Post Has 2 Comments

  1. Uma dica boa para quem está vindo para Sydney e vai estudar/trabalhar na região da City, são os restaurantes que têm dentro das estações de trem Wynyard e Town Hall que, como verão, são centrais e meio de caminho para quase todo mundo que circula pela City.

    A partir das 2:30pm/3:30pm, estes restaurantes começam a fechar e, para não jogar comida fora, eles começam a liquidar os pratos que sobraram. O que no horário de pico era vendido por $10,00/$15,00; passa a ser vendido por $5,00/$8,00. Se vc for cara de pau, ainda consegue negociar, se estiver em uma turma e comprar bastante coisa.

    Para quem estiver afastado da City, tipo Northern Beachs (Manly, Dee Why e arredores), fiquem sempre de olho nas Fish and Chips shops, Kebabs shops e cafés. Eles vivem fazendo combo pra ajudar a galera a economizar uma grana pra comer.

    Quanto a carne, é caro, mas evite comprar em mercados, vá nas butchers que geralmente têm produtos de melhor qualidade e num preço muito mais em conta. Com o troco dá até pra comprar uma six pack. 🙂

    Enjoy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *