Manifestação Perth

Brazil, we can hear you!

Por Camila Bertolazzi

Rostos pintados, devidamente uniformizados e com cartazes pedindo por um basta na atual situação política da pátria mãe, milhares de brasileiros foram às ruas nas principais cidades da Austrália para mostrar que mesmo longe de casa, apoiam os protestos que tomaram conta do país no mês de junho.

Em Sydney, na maior cidade australiana, a ação reuniu mais de 500 pessoas que pacificamente foram às ruas para pedir mudanças urgentes que não podem mais esperar:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7ewg2aiv3nU]

Os brasileiros também protestaram em Melbourne, Gold Coast, Brisbane e Perth.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=zXeETgy8imQ]

Em Brisbane, cidade que adotei como minha segunda casa, eu me juntei a centenas de brasileiros e adeptos da causa na King George Square (área central) e, escoltados pela polícia local, caminhamos por 30 minutos por algumas ruas importantes da cidade.

Cantando o hino nacional e clamando por mudanças básicas, nós chamamos a atenção dos australianos e turistas que filmaram e tiraram fotos de um grande grupo verde e amarelo que tomou conta da cidade. Crianças e pessoas mais velhas se juntaram à maioria de jovens intercambistas.

O protesto terminou com uma salva de palmas aos policiais que acompanharam o grupo, em seguida, todos juntos repetiram em alto e bom tom as cinco razões que uniram cerca de 400 brasileiros em Brisbane, terceira maior cidade da Austrália.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=az3eEuZpetU&feature=youtu.be]

A grande mídia australiana, até o momento, não tem dado grande destaque ao protesto que “contagiou”a população brasileira. Em uma matéria com pouco mais de três minutos, a ABC reportou os manifestos que estão ocorrendo no Brasil com comentários de Davi Portugal. Durante a matéria, o jornalista enfatizou que a causa começou devido ao acréscimo da passagem do transporte público, mas ganhou força devido ao descontentamento em relação à maneira que o país vem sendo conduzido politicamente e, inclusive, porque o governo está gastando bilhões para sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas e abandonando ainda mais os serviços básicos como saúde e educação.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=WneXYurooNQ]

Independente do destaque ou falta de dado pela grande mídia, o importante é que os brasileiros que, por diferentes razões, escolheram a Austrália para viver, ouviram os chamados dos nossos conterrâneos e foram às ruas. Como consequência, estamos colhendo boas notícias, como a reijeição da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37 e a aprovação do destino dos royalties do petróleo: o projeto de lei que tramitou na Câmara destina 75% dos recursos para a educação pública, com prioridade para a educação básica, e 25% para a saúde.

Apesar de termos vencido esta batalha, ainda temos muito para conquistar nessa longa jornada em busca de um Brasil mais justo. O mais importante é lembrarmos que a mudança depende de nós: para que o país mude, seu povo precisa mudar.

Nenhum sinal de violência foi presenciado durante as manifestações nas cidades australianas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *