4560383576 E87abb494f O

Cairns, a porta de entrada para a Grande Barreira de Coral

Cairns é o lugar perfeito para quem curte aventuras e gosta de estar em contato com a natureza. Além de ser o principal ponto de partida para a famosa Barreira de Coral, possui florestas tropicais com cachoeiras espetaculares e dunas para quem gosta de rali, além de muitos lugares para pescar.

Cairns é a principal cidade do norte do estado de Queensland e, apesar de estar localizada à beira-mar, o ambiente é bastante urbano. Na cidade não há praias de areia, apenas lamaçais repletos de aves nativas.

A Grande Barreira de Coral, com 2000 km de extensão, congrega mais de mil ilhas e 2.600 recifes de corais. É a maior estrutura formada por criaturas vivas do globo terrestre e também uma das mais preservadas. Uma das atrações mais interessantes é a Heart Reef, um conjunto de corais que, como o nome diz, ganhou a forma de um coração. No entanto, só é possível notar esse formato avistando o coral do alto.

Cidades próximas 

Airlie Beach: A cosmopolita, colorida e convidativa cidade turística de Airlie Beach é a porta de entrada para Whitsundays, arquipélago formado por 74 ilhas. Situada às margens de uma praia rodeada de palmeiras e com vista para as águas calmas da Baía Pioneer, Airlie is part of a picturesque peninsula that reaches out to the Whitsunday Passage and provides the ideal mainland base for holiday fun and adventure in the Whitsundays.Airlie é parte de uma pitoresca península situada no coração dos dois mil quilômetros da Grande Barreira de Coral.

Atherton: Localizada numa região de planalto, a 900 metros acima do nível do mar, as paisagens de Atherton variam entre vulcões extintos e lagos com crocodilos; ricas florestas com flora e fauna tropicais; fazendas de cultivo agrícola e encantadoras vilas e aldeias, além das belas cachoeiras localizadas em Millaa Millaa. O clima agradável, as chuvas e o solo vulcânico fazem com que esta seja uma das áreas agrícolas mais férteis do estado.

Babinda: A cidade rural de Babinda, repleta de casas avarandadas e pubs de madeira, revela o estado de Queensland de antigamente. Os Babinda Boulders, 7 km em direção ao interior, são formações rochosas desgastadas pela água, e lugar adorado pelos fotógrafos. Rodeado por exuberante floresta tropical, os pedregulhos de Babinda são buracos de natação popular e atração turística do sul de Cairns.

Daintree Rainforest: A região denominada Floresta Tropical Daintree abrange uma área de aproximadamente 1.200 km² e é o maior bloco único de floresta tropical da Austrália. Esta região, que representa pouco mais de 0,1% da área total do país, contém 30% dos anfíbios, marsupiais e répteis, 65% dos morcegos e espécies de borboletas e 20% das espécies de aves da Austrália.

Dunk Island: Esta ilha de vegetação diversificada é uma das mais conhecidas da Grande Barreira de Coral. Há várias opções diárias de passeios, e a maioria inclui mergulho com snorkel ou cilindro e windsurfe. Dunk Island ganhou fama como o cenário do livro Confessions of Beachcomber (Confissões de um Garimpeiro de Praia), escrito em 1906 por EJ Banfield.

Hinchinbrook Island: Cobrindo uma área de 635 km², Hinchinbrook é a maior ilha transformada em Parque Nacional da Austrália. Uma densa floresta tropical, grande parte inexplorada, torna a ilha popular entre os andarilhos. Mount Bowen, com 1.142 metros acima do nível do mar, é o ponto mais alto, e geralmente fica coberto pelas nuvens.

Kuranda: Rodeada por uma floresta tropical está a pequena cidade de Kuranda, uma vila aborígene, também muito popular entre os hippies na década de 1960. Totalmente voltada para o turismo, possui incontáveis lojas de artesanato. Saindo de Cairns, são cerca de duas horas de trem com muitas cachoeiras no caminho até Kuranda. Para descer, a melhor opção é o teleférico, que passa por cima da floresta tocando a copa das árvores. Este passeio faz três paradas, com tempo para caminhar, tirar fotos e contemplar as plantas e animais.

Port Douglas: Viajando 40 km para o Norte, onde estão as melhores praias da região, fica Port Douglas. A cidade, assim como Cairns, é pequena, e preserva características típicas de sua origem como vila de pescadores. Além de atrair turistas de todas as partes do mundo devido à proximidade com a Grande Barreira de Corais, Port Douglas é também o portal de entrada para o Daintree National Park, considerado um dos mais bonitos do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *