Perth

O que fazer em Perth?

Perth: conheça mais

A Austrália Ocidental é fantástica e Perth, sem dúvidas, é um lugar que não deixa a desejar. Além de linda, o que não falta na cidade são pontos turísticos para conhecer. Tem parques, praias belíssimas, museus, zoológico, aquário e muita diversão.

Para te ajudar durante a visita pela maravilhosa cidade, listamos alguns lugares que são parada obrigatória para quem escolhe Perth como destino de intercâmbio. Papel e caneta na mão para anotar nossas dicas.

The Aquarium of Western Australia

AQWA Perth

Maior aquário do estado e o décimo maior do mundo, The Aquarium of Western Austrália possui um túnel transparente que passa por baixo do mar e permite que o visitante veja a maior coleção de vida marinha do oeste australiano. São mais de 4 milhões de litros de água onde você pode explorar em algumas centenas de metros os 12 mil km de extensão da costa. Lá você encontra mais de 400 diferentes espécies de animais, incluindo oito diferentes espécies de tubarão além de corais, raias, focas, tartarugas entre outros mamíferos e répteis aquáticos.

Você pode ainda mergulhar e ficar cara a cara com tubarões, tartarugas e com as inúmeras espécies de peixes. O valor para esse inesquecível passeio fica em torno de $ 139 e você pode alugar a roupa e máscara para o mergulho.

De fato, é uma viagem subaquática onde você descobre a incrível e única vida marinha da Austrália Ocidental. Uma experiência única e que com certeza vale o investimento.

Casa da Moeda de Perth

Perth-Mint-40117

Já ouviu falar da maior moeda de ouro do mundo? Pois ela é de origem australiana e fica em Perth Mint, a casa de moeda mais famosa do país. Já foi produzido ouro com quase 100% de pureza e é daí que vem sua fama. Além da produção de moeda, Perth Mint é uma casa de refinaria de ouro e onde há diversas exposições em um museu que foi incorporado ao lado do edifício para visitação. Nesse museu você vê as moedas, metais preciosos e as técnicas de mineração e refinamento de ouro empregadas na região. Os visitantes podem assistir ao lingotamento (moldagem) na Casa de Fundição, onde podem ver como o ouro puro é derretido e transformado em barras. Existe também uma loja dentro do museu onde vendem jóias de ouro e prata lindíssimas.

Centro histórico

Para quem gosta de cultura, o centro de Perth é perfeito. A principal rua de comércio de Perth é a George’s Terrace. Do lado oeste ficam o Parliament House e o Barracks Archway. A leste ficam os Cloisters (Claustros), construídos em 1850 como escolas. O centro de compras fica entre as ruas William e Barrack, um labirinto de galerias, praças e passarelas. Nas proximidades é possível avistar a prefeitura, ou Town Hall (1870), perto do lugar onde a cidade foi fundada.

A James Street oferece inúmeras opções de restaurantes e cafés. Nesta mesma rua, o Brass Monkey Hotel exibe a arquitetura da época da corrida do ouro. Ali funciona a Art Gallery of Western Australia que exibe um importante acervo de arte moderna aborígine e obras de artistas australianos, europeus e asiáticos. Já o Perth Institute of Contemporary Art é uma ótima opção para os apreciadores de arte contemporânea.

Fremantle

Fremantle_Perth

Fremantle é uma cidade portuária que fica a 30 minutos do centro de Perth. A cidade é a parte mais antiga de Perth (desde 1829) e é bem conhecida por seu mix de atrações como artistas de rua, música, galerias e uma arquitetura bastante alternativa. Os australianos gostam de dizer que a Fremantle é “laid back” (cidade descontraída).

Os muros da região são coloridos e com formas diferentes do padrão. A cidade em geral é bem plana e ideal para conhecê-la sob duas rodas: a bicicleta. Para quem gosta da caminhada, também é uma excelente opção porque todas as atrações ficam próximas da estação de trem da cidade, no centro.

Lá você encontra bares, galerias, cafés, museus, livrarias entre outras opções e são considerados excelentes na qualidade e atendimento. Você pode degustar um delicioso fish and chips e pescar em um barco a beira do porto ou, explorar a cidade de carona no bondinho e até visitar uma boutique de cerveja.

Você encontra também algumas atrações como o Art Centre, o Maritime Museum e o Mercado de Fremantle. Sem dúvidas, vale a visita em um final de semana.

Hills Forest

perth-hills-hiking

O australiano em geral adora um piquenique e a Hills Forest é um lugar ideal para tal ocasião. Hills Forest fica a 30 minutos do centro de Perth, mais precisamente em Darling Range onde há várias áreas para churrasco, piquenique e camping.

John Forrest National Park, o primeiro Parque Nacional da Austrália Ocidental, faz fronteira com o norte dessa floresta e possui bosques e charnecas com trilhas que conduzem a belos lagos e cachoeira, entre elas as Hovea Falls. O passeio é incrível!

Kings Park

Kings_Park_Perth

Kings Park é o maior parque interno da cidade e possui quatro milhões de metros quadrados de área verde e uma bela vista para a cidade e para o famoso rio Swan. O parque é tão grande em extensão que chega a ser maior do que o Central Park, em Nova York.

O parque fica no topo do Mount Eliza e é um local popular para piqueniques, caminhadas e corridas, além de ser palco de grandes eventos culturais e cerimoniais.

Para muitos visitantes, o parque é também um lugar de relaxamento, recreação e admiração. Quase dois terços dele é mata nativa, contendo 319 espécies de plantas e aproximadamente 80 espécies de aves. Até o cheiro do parque é diferente e a vista panorâmica que se tem do rio Swan e Darling Range é sem dúvidas, uma inspiração. Remédio para a alma!

Rottnest Island

Pinky's_Bay_Rottnest_Island_WA

A apenas 30 minutos de Perth, a Rottnest Island é uma ilha perfeita para surf, mergulho, pesca, vela e passeios de bicicleta. A paisagem contém ainda lagos salgados e vários destroços de navios naufragados.

Os serviços de ferry-boat saem diariamente de Perth e Fremantle, e você pode curtir um dia na ilha que tem rigorosas leis de preservação ambiental.

Whiteman Park

hills perth

Este parque fica a nordeste de Perth e propõe várias atividades de lazer, como passeios de camelo, caminhadas na mata e demonstração de ovelhas sendo tosadas. Os visitantes podem percorrer o parque em um bondinho dos anos 20 ou charrete. Há ainda uma vila de artesanato, shows sobre a cultura aborígine e um museu sobre maquinário agrícola

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *